favoritos

favoritos #6

O favoritos agora vai ser mensal, porque eu comecei a perceber que quero postar meus links amados a cada semana, loucamente, e aí o blog vai virar só isso. Então na última semana de cada mês, taca-lhe retrospectiva do que eu achei de mais legal na internet, rapaziada:

Esse texto do Olga sobre manterruptingbropriating, mansplaining e gaslighting: 

Porque o machismo está nos detalhes, e a gente tem que prestar atenção pra não reproduzir/endossar esse comportamento ridículo da nossa sociedade.

O trabalho dessa editora maravilhosa, responsável pelos maiores livros desse incrível fenômeno dos Young Adult:

“In the cosseted world of children’s book publishing, getting an editorial letter from Ms. Strauss-Gabel, the publisher of Dutton Children’s Books, is the literary equivalent of winning a golden ticket to Willy Wonka’s chocolate factory. It virtually guarantees critical or commercial success, and often brings both.” Sério, se eu encontrar essa pessoa na rua, provavelmente eu cometa assassinato pra tomar o lugar dela.

As 10 lições de vida que a gente pode aprender com as Spice Girls:

eu era completamente viciada em Spice Girls na pré-adolescência, fazia coreografia, aprendia inglês, dançava e cantava loucamente. Foi bem legal voltar no tempo e ver o quanto elas foram importantes pra mostrar de verdade o girl power da época.

Na mesma vibe, esse texto importantíssimo da sempre ótima Anna Vitória, mostrando porque (e como) a gente tem que se amar:

“Sou contra a gente TER QUE fazer esse monte de coisas porque alguém disse que do jeito que estava não estava bom. […] É esse imperativo que me mata, porque ele vem de todos e de ninguém, seguindo uma ordem pra atingir um objetivo impossível de ser alcançado.”

E, pra finalizar com lindeza, o tour pela casa da Elsie, que é tipo um sonho, só que existe de verdade:

5 Comments

  • Camila Faria

    Maravilhoso esse texto da Maíra Liguori, compartilharei certamente!

    Que lindeza a casa da Elsie! Achei super gracinha e super possível (no sentido de que ela não tem milhões de coisas caras, muita coisa é DIY e encontrada em brechós/flea markets etc).

  • Mia

    Que links mais lindos! <3
    Esse das Spice Girls me deixou toda boba aqui e já com os fones de ouvido ligados, hahahaha
    Beijos! ;*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *