favoritos

favoritos #34

[no sentido horário]
A Pri Barbosa é uma das minhas ilustradoras favoritas, mas essa imagem – que está no seu lindo Calendário 2018 – eu tô tendo problemas reais para processar. Olha que coisa mais linda! | Acho que já deu a vibe do minimalismo, certo? Todos de acordo? Tá liberado colocar uma tapeçaria dessas na parede do home office? | POLÊMICA! A cor do ano da Pantone é o roxo Ultra Violet que deixa a Isadora de 17 anos extremamente feliz! No Follow the Colours tem mais explicações sobre a escolha, vai lá!  | Não sei direito porque sugiram na minha frente fotos do Jardín Etnobotánico de Oaxaca e eu só posso acreditar que é destino <3

// Começo e termino o ano enaltecendo a existência, a carreira, os textos, a música dessa mulher, então vem comigo nessa retrospectiva da Patti Smith, no Nexo;

// Tem um vídeo documentário sobre os 40 anos de Heroes, do David Bowie, narrado pela Florence Welch, e eu não sei porque não estamos, todos, falando disso no mundo;

// Às vezes eu acho que se encontrar sem aviso a Nuta na rua eu vou ter um piripaque. Queria ter 1/3 da clareza e da segurança na escrita que essa mulher tem para falar de assuntos tão importantes e tão duros: O que autoestima tem a ver com autocuidado, no maravilhoso GWS;

// Postei e saí correndo do dia: Por que as mulheres transavam melhor no Socialismo, traduzido por Adelaide Ivánova na série “é doutrinação esquerdista suficiente ou tá pouco?”, inventada e liderada por ela mesma HAHAHAH TE AMO;

// Se você ainda não baixou os planners mensal, semanal e diário – além de outros incríveis, tipo o para blog! do Não Me Mande Flores eu não sei como você está pensando em planejar seu ano. Sério, corre!

// Saiu a lista das mulheres mais inspiradores de 2017, do Think Olga, e além de começar a seguir um batalhão de mulheres fodonas, a minha alegria imensa de fazer um tiquinho parte dessa lista de estar entre o grupo lindo das Maravilhosas Corpo de Baile. Que incrível!

// Eu tenho muita dificuldade de falar sobre meu estilo, minhas escolhas no armário e “esteticamente”, então eu simplesmente vou lá e leio a Ana – e acho que faço isso desde…. sempre? Dessa vez ela pensou sobre a estética minimalista, as marcas e as mensagens que ela passam, além é claro do cabelo mais bonito de toda a ~blogosfera!

// Tudo isso aqui, repetir e repetir:

coloca intenção no que te faz – verdadeiramente – feliz. não mudes as tuas escolhas em função das necessidades alheias. faz mais por ti, para ti. quando te sentires sem fé, desmotivado ou desligado de tudo e de todos (até de ti mesma), estás no ponto certo, na hora certa e no lugar certo para mudar. agarra esse sinal. faz uma escolha corajosa: escolhe com o coração. desapega-te dos resultados. livra-te das expectativas. não fales: sente. faz-te esta pergunta: onde escolhes permanecer e onde escolhes sair? a primeira coisa que te vier à cabeça é a que o coração te quer mostrar. confia. confia. confia.

Tá acabando, ai ai ai. Cês tão felizes? ❤

14 Comments

  • Claudia Hi

    Essa frase Isa ♥♥♥

    Por que será que é tão difícil fazermos o que o coração quer e se por em primeiro lugar, antes de qualquer um né?

    Bom natal e ótima virada de ano pra todo mundo!

  • Tany

    Eu tô MUITO feliz que você não tem ideia!
    Amo esses posts de links porque alguns leio novamente (o do GWS é bom demais! esse das nove leio todo dia assim que acordo e deixa o meu dia mais leve) misturado com links que não fazia ideia (muita informação hoje em dia que fico perdida, sos) como o documentário sobre Heroes, a lista de minas fodas e a matéria sobre a Patti Smith. Então, muito, muito, muito obrigada, miga.

    Beijo! <3

  • Camila Faria

    Patti & Bowie no mesmo post. <3

    Maravilhoso esse texto da Kristen R. Ghodsee (e como eu ainda não conhecia essa série necessária da Adelaide gente?)!!!

    Obrigada pelo link Isa, você é querida demais.

  • manie

    pelo amor da deusa, que texto é esse sobre autocuidado???? eu vou mandar pras miga tudo!!
    eu to feliz, ainda mais depois de ler essa maravilha!

    boa quarta-feira ♥

  • Camis

    Amiga, esse post da Nuta Vasconcellos, eu tô é no chão! Eu tenho uma luta grande com esses dois extremos – ou eu tento aceitar meu corpo mas daí me permito todas as escolhas nada saudáveis possíveis, que me deixam inclusive doente, ou quando decido optar por hábitos mais saudáveis acabo entrando em todas as nóias fitness e tudo vira uma grande corrida de emagrecimento que uma hora ou outra eu acabo desistindo e me frustrando. Mas existe um meio termo, que legal a Nuta falar sobre isso. <3 Obrigada por indicar.

    • Isadora

      siiiiiiiiiiiiim, acho que esse é o GRANDE ponto, individualmente falando, que a gente tem que conseguir chegar, né? bom voltar sempre nesse texto pra lembrar! ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *