favoritos #34

[no sentido horário]
A Pri Barbosa é uma das minhas ilustradoras favoritas, mas essa imagem – que está no seu lindo Calendário 2018 – eu tô tendo problemas reais para processar. Olha que coisa mais linda! | Acho que já deu a vibe do minimalismo, certo? Todos de acordo? Tá liberado colocar uma tapeçaria dessas na parede do home office? | POLÊMICA! A cor do ano da Pantone é o roxo Ultra Violet que deixa a Isadora de 17 anos extremamente feliz! No Follow the Colours tem mais explicações sobre a escolha, vai lá!  | Não sei direito porque sugiram na minha frente fotos do Jardín Etnobotánico de Oaxaca e eu só posso acreditar que é destino <3

// Começo e termino o ano enaltecendo a existência, a carreira, os textos, a música dessa mulher, então vem comigo nessa retrospectiva da Patti Smith, no Nexo;

// Tem um vídeo documentário sobre os 40 anos de Heroes, do David Bowie, narrado pela Florence Welch, e eu não sei porque não estamos, todos, falando disso no mundo;

// Às vezes eu acho que se encontrar sem aviso a Nuta na rua eu vou ter um piripaque. Queria ter 1/3 da clareza e da segurança na escrita que essa mulher tem para falar de assuntos tão importantes e tão duros: O que autoestima tem a ver com autocuidado, no maravilhoso GWS;

// Postei e saí correndo do dia: Por que as mulheres transavam melhor no Socialismo, traduzido por Adelaide Ivánova na série “é doutrinação esquerdista suficiente ou tá pouco?”, inventada e liderada por ela mesma HAHAHAH TE AMO;

// Se você ainda não baixou os planners mensal, semanal e diário – além de outros incríveis, tipo o para blog! do Não Me Mande Flores eu não sei como você está pensando em planejar seu ano. Sério, corre!

// Saiu a lista das mulheres mais inspiradores de 2017, do Think Olga, e além de começar a seguir um batalhão de mulheres fodonas, a minha alegria imensa de fazer um tiquinho parte dessa lista de estar entre o grupo lindo das Maravilhosas Corpo de Baile. Que incrível!

// Eu tenho muita dificuldade de falar sobre meu estilo, minhas escolhas no armário e “esteticamente”, então eu simplesmente vou lá e leio a Ana – e acho que faço isso desde…. sempre? Dessa vez ela pensou sobre a estética minimalista, as marcas e as mensagens que ela passam, além é claro do cabelo mais bonito de toda a ~blogosfera!

// Tudo isso aqui, repetir e repetir:

coloca intenção no que te faz – verdadeiramente – feliz. não mudes as tuas escolhas em função das necessidades alheias. faz mais por ti, para ti. quando te sentires sem fé, desmotivado ou desligado de tudo e de todos (até de ti mesma), estás no ponto certo, na hora certa e no lugar certo para mudar. agarra esse sinal. faz uma escolha corajosa: escolhe com o coração. desapega-te dos resultados. livra-te das expectativas. não fales: sente. faz-te esta pergunta: onde escolhes permanecer e onde escolhes sair? a primeira coisa que te vier à cabeça é a que o coração te quer mostrar. confia. confia. confia.

Tá acabando, ai ai ai. Cês tão felizes? ❤️