coisas da vida

desafios literários

(eu disse que ia escrever 1 post por semana esse ano, né? comecei arrasando ¬¬)

Ano passado eu enrolei tanto que acabei deixando passar o Desafio Literário do Tigre, um desafio literário (duh!) da linda da @tadsh que sempre ajuda a gente a desempacar leituras e compartilhar opiniões. Nesse começo de ano, acabei encontrando por aí um milhão de outros projetos/desafios/metas de leituras que me pareceram super bacanas pra 1- acabar com pilhas de livros não lidos; 2- ajudar na ideia de movimentar o blog nesse novo ano.

Recebi um aviso do Goodreads que todos meus amigos estavam se colocando metas de leitura esse ano e uma vontade maluca de me livrar das minhas coisas (isso ainda vai render post). A minha é de 30 livros, o que, considerando que meu trabalho exige que eu leia muito, é bem humilde. Vi também essa lista do Buzzfeed Books que tem várias resoluções de leituras interessantes e bem possíveis, que se adequam ao que eu quero/preciso/consigo fazer em 2015, do tipo ler os livros que você já comprou, mas nunca leu, e ler sua lista “to read”; além dos objetivos mais concretos de “tempo”, tipo ler um livro por mês e ler por uma hora todo dia. Sussa, né?

Também achei outras propostas bacanas por aí: o Clube do Livro do GWS, que sugeriu Não sou uma dessas, da Lena Dunham, que eu já li e comentei por aqui, além de Fundação, do Asimov, que é uma das minhas pendências literárias que eu pretendo liquidar esse ano; um reading challenge mais elaborado que a Ana Carô compartilhou no blog; o projeto Reading Women que a Camis postou no Não me mande flores. Além de um clube do livro desses ao vivo e a cores – sim, isso existe, gente! – que eu vou participar.

Muita coisa, né? E daí no meio disso tudo comecei a ficar aflita com a possibilidade de decepcionar ou não cumprir uma dessas metas. Olha o tamanho da bobagem! Já tem tanta coisa nessa vida que a gente tem que fazer, com prazo, a tempo, pra que fazer isso com a parte boa da vida? Bah. Faz parte das minhas metas desse ano pegar mais leve com essa coisa do temque: temqueir na exposição, temquecomer o prato novo, temquevestir tal peça, temquepostar no instagram.

Eu resolvi pegar mais leve. Todos esses desafios literários vão me ajudar bastante na hora de escolher a próxima leitura e, se tudo der certo, pra postar minhas opiniões sobre os livros por aqui. Mas acho que é só isso. Sem muita pressão ou obrigatoriedade. Acho lindo quem consegue se organizar a ponto de cumprir direitinho as metas, viu? Não me levem a mal. Por aqui, eu vou mais de boa até que isso se torne uma dessas rotinas suaves e tranquilas que 2015 precisa ter.

8 Comments

  • Rúvila

    Oi Isa!
    Também estou precisando ler todos os livros que eu tenho acumulados em casa. Tentei fazer minha meta levando isso em consideração…
    Espero que você consiga 🙂
    beijos

  • Ana

    Eu levo esse tipo de desafio exatamente assim, Isa. Acho ótimos pra dar um empurrãozinho pra gente gastar mais tempo fazendo o que gosta, mas sem cobrança. Só deu para cumprir metade das metas? Tudo bem, fica pra próxima. Hahaha. 🙂

    Boa sorte no desafio!

  • BA MORETTI

    no fim a gente se prende tanto nesse de ~temque~ e não se joga em nenhum projeto por medo de não terminar. issae, se joga e vê no que dá. tou nessa também. só que aqui é projetin fotográfico :*

  • Camila Faria

    Eu sempre fico tentada a participar de um desses desafios literários, mas me conheço e sei que eu não funciono muito bem com regras pré-definidas. Mas clube do livro “desses ao vivo e a cores”: sempre quis participar de um! Depois conta mais sobre isso aqui!

    E sim, estou querendo pegar BEM leve esse ano, com relação a uma série de coisas. Por um 2015 mais leve para nós duas! \o/

  • Cris Nishihara

    Queria TANTO conseguir ler um livro por mês (assim, sem contar os paranauês de história). Tenho um monte, um monte mesmo que comprei e estão lá na minha estante, muito bem empilhados.

    Vou ficar aqui na expectativa para acompanhar tuas leituras! <3

  • Maria Cândida

    Super te entendo nessa coisa de pegar mais leve, até mesmo porque nunca fui dessas de seguir os “temque” (adorei o termo, btw). Nunca tentei nenhum desafio literário e provavelmente jamais vou tentar, tenho um problema que me complica muito na hora de ler livros e o nome dele é falta de atenção, aí eu demoro muito pra ler qualquer coisa. :l

    Beijinhos ;*

  • Alessandra Rocha

    Tô precisando de um incentivo pra voltar a ler mais… Em algum lugar entre me matar de trabalhar em livrarias e morrer de sono na faculdade eu larguei MUITO meu hábito e agora tá custando pra voltar com ele viu? Mas baby steps, preciso me atentar mas a isso, mas nada te “temque” né? Vou lendo quando der vontade.. Um dia eu acabo a minha pilha de não lidos. Já tenho o namorado pra me dar bronca quando quero comprar um livro novo porque ele sabe que eu vou acabar não lendo haha, que feio né?

    Boa sorte pra todo mundo que embarca nessa aventura, mal com certeza não vai fazer né?

    beijos!

  • Lec

    Eu gosto de desafios de leitura, que é para me ajudar a escolher, me dá um incentivo. Mas tem momentos que dá bloqueio, e aí paciência. o desafio fica pra trás hahaha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *