favoritos

favoritos #12

O favoritos desse mês veio atrasado – novembro não teve, né? – e também adiantado – não no final do mês, né? – e também num formato novo – cês viram, né? – tudo pra tentar dar uma carinha nova pra cá, que tanto me orgulha e me apaixona e me decepciona, e volta a me orgulhar e assim seguimos migas. Vamos tentar:

favoritos12

Esse vestido maravilhoso da Heinui, que eu vi no Miss Moss (e tudo de lá é incrível!), que é tudo o que eu quero vestir no ano que vem inteirinho | Esse casamento inteirinho, lá no Casarei, que ai meu coração… | Essa roupa de cama absolutamente colorida e apaixonante, que o Ricota Não Derrete mostrou nas lindezas dessa semana | As ilustrações da Kathrin Honesta, que é tudo o que eu quero ser quando crescer – e eu vi lá no Teoria Criativa.

// Uma lista muito bacanas de editoras que você precisa conhecer, no ótimo Além do PDF.
// As dicas de produtividade e foco que a maravilhosa Zadie Smith nos dá, no Buzzfeed.
// Esse texto lindo da Clara Browne na Capitolina, sobre nossa energia potencial e o que fazer com tudo isso que tem dentro da gente.
// Essa análise de 25 livros para entender o papel da Cosac Naify e o livro ilustrado, do sempre ótimo Esconderijos do Tempo.

Esse vídeo:

favoritos #11

Esse colar pra ser feito em casa, rapidinho, com uma camiseta velha, e que tem a cara do verão:

favoritos11_01

As dicas da Capitolina pra gente conseguir, literalmente, colocar no papel tudo o que pensamos e começar a entender o que queremos fazer da vida:

favoritos11_02

A casa da Florence que me faz querer passar num antiquário agora mesmo e comprar tudo o que tem:

favoritos11_03

Essa festa infantil com o tema…. Meu deus o tema é Where The Wild Things Are socorro:

favoritos11_04

Tudo o que a Nathalie Choux faz:

favoritos11_05

Esse texto da Anna Victória sobre a Corvinal, nossas expectativas e um desabafo sobre ~ser boa~ que eu também poderia ter escrito:

A obrigação de ser infalível já me machucou muito, e a autocobrança é algo com que eu tenho que lutar todos os dias, o tempo inteiro. Preciso constantemente me lembrar de que tudo bem errar e não ser sempre a melhor. Preciso fazer força pra ser leve e correr atrás de uma folia na cozinha. Mas existe, e sempre existiu, muito de mim nessa personalidade cabeçuda. Se eu não tirasse uma realização muito genuína nos estudos, acho que as expectativas dos meus pais jamais teriam grudado com tanta força.

favoritos #10

Essas coisas maravilhosas:

favoritos10_01

Que não dá pra saber o que é, de quem é, de onde veio, o que comem, pois não sei nem em que língua estão as informações mas GENTE OLHA QUE LINDEZA!

Essa coleção maravilhosa de lenços com inspiração botânica, que eu vi no Não Me Mande Flores:

favoritos10_02

 

Esses aneis feitos à mão, originais e lindíssimos, lá no A Beautiful Mess:

favoritos10_03

Esses outros acessórios também super exclusivos e diferentes, via Door Sixteen:

favoritos10_04

Essa reflexão do Olga sobre o papel doce e gentil que esperam que as mulheres tenham:

[…] encontrar a própria voz, se fazer ouvir e não se deixar envergonhar pela própria opinião ou pelo espaço que ocupa no mundo são passos essenciais para o empoderamento feminino. Não é uma tarefa fácil. Afinal, trata-se de uma luta contra séculos de uma socialização que limita e silencia as mulheres.

 

 

favoritos # 9

Claro que esse post está super desatualizado: o rascunho dele foi criado em julho, e eu nunca publiquei. O que pode ser bem legal pra relembrarmos algumas coisas que passaram por aí e já esquecemos – ou uma ótima desculpa para essa que vos fala voltar à ativa e vocês nem repararem na bagunça, heh!

A transformação desse ~quintalzinho num canto maravilhoso:

favoritos09_01

Quero.

Existe um café inspirado no Wes Anderson:

favoritos09_02

Sim, é real. Sim, ele existe. Socorro.

Esses gifs motivacionais maravilhosos:

Tudo dessa loja, especialmente essas estampas:

favoritos09_04

Esse DIY de vasinhos com carinhas ai meu deus socorro que amor:

favoritos09_05

A entrevista em vídeo com a Eva Furnari feita pelo Esconderijos do Tempo, que é uma das coisas mais lúcidas e bonitas que eu já vi:

favoritos #8

Eu não faço ideia do que aconteceu em junho – durou 5 segundos, né? Socorro, minha gente. Bem vindo, segundo semestre. Mãe, alguém para de girar o mundo assim?
Vamos às melhores coisas vistas por aí:

O trabalho da Kim Welling:

newproducts_kimwellig

As roupas da Sheila Couture:

il_570xN.698268625_edd5

Essa declaração do Sendak, transcrita no blog da Cosac:

“Apesar de eu não escrever para crianças, descobri há muito tempo que elas são a melhor audiência. Elas certamente fazem as melhores críticas. São mais honestas e diretas que críticos profissionais. Claro, qualquer pessoa é. Mas quando crianças gostam do seu livro, dizem: “Eu amo o seu livro, obrigado, eu quero casar com você quando eu crescer”. Ou: “Querido senhor Sendak: eu odeio o seu livro. Espero que você morra logo. Cordialmente”.”

A decoração da Hermano Gato, que é fofa do começo ao fim:

hermanogato
E bora se preparar para o fim do ano! >.<