agenda de papel, bujo/planner e google agenda

São inúuuuumeros os posts por essa internet que falam da organização do dia a dia usando as técnicas de Bujo – Bullet Journal – e com os famigerados planners, um mais lindo que o outro. Tem de todo o jeito, pra todos os gostos, tem gente que tem uma agenda (neste blógue usamos o termo AGENDA mermo) para cada área de vida, tem gente que coleciona. É uma coisa linda de se ver pra quem tem um TOC leve como o meu #monicageller.

No fim do ano passado/início desse comprei um planner. Uma coisa linda, de capa de couro, “cadernos” desmontáveis, totalmente personalizável. Não consegui me adaptar. Aquela agenda maravilhosa me perdeu numa linha tênue e desorganizada da minha cabeça entre o pouco espaço para escrever e os muitos espaços para preencher. Então, ao mesmo tempo em que eu não conseguia detalhar as minhas tarefas diárias nos espaços pré-estabelecidos, eu tinha que anotar na agenda a “coisa boa da semana” e os “objetivos do mês” e eu ficava como? Ansiosa e me sentindo pressionada.

Desgraçadinha da cabeça? Nunca disse que não.

Eis que encontrei – e deveria ter procurado antes – um belíssimo exemplar da Cícero em alguma livraria. Essa marca sempre me surpreende pelas coisas lindas, práticas e com um preço relativamente ok (eu disse relativamente), mas que sempre parecem atender exatamente o que eu tava pensando, e não tinha conseguido botar no papel ainda. Tcharam. A agenda é dividida em planner semanal – com bastante espaço! – na página da esquerda, com a semana completa (importantíssimo pra mim), e uma página em branco e pautada (eu preciso de pauta, minha letra não sabe existir sem pauta) na parte da direita. Perfeito!

É assim que eu me organizo semanalmente: de preferência aos domingos anoto todas as tarefas “a serem feitas”, não só as da semana, mas aquelas eternas, que estão sempre pendentes na vida – tento, na medida do possível, me dar o objetivo de resolver uma por semana, num ritmo não de muita cobrança, mas com alguma, pra nada ficar muito parado na vida. As tarefas que têm data definida pra acontecer e os eventos vão para a parte da esquerda, juntamente com os eventos pontuais (encontros, jantares, médicos, aulas), com alguma variação de dia, conforme a vida vai acontecendo.

Tentei organizar um esquema de cores para deixar os compromissos organizamos por temas, mas fui muito mal sucedida nessa tarefa, até porque carrego a agenda comigo pra onde vou, e não é sempre que tenho várias canetas coloridas à disposição. Também vejo que seria mais inteligente escrever à lápis na belezinha, pra evitar essa montoeira de branquinho (cês também falam “branquinho”?), mas não tem jeito, eu sou adepta da boa e velha caneta preta. Paciência, seguimos rabiscando tudo.

Das “técnicas” do Bujo eu tirei a lição de deixar um ícone diferente para tarefas – aquelas que devem ser feitas naquele dia, mas não em um momento definido – e outro para eventos, aqueles que têm horário, local, certinhos. Quando as tarefas são feitas, rabisco tudo com vontade: não tem nada melhor que um item riscado da lista, tem?

Durante as férias, como a lista de tarefas era maior – longuíssima! – e mais “duradoura”, preferi fazer num papel à parte, que fui movendo para cada semana que começava. As tarefas não tinham muita ordem pra serem feitas, e assim consegui ir acompanhando tudo com mais prazer: e ficou bem bonitinho! Coloquei sempre uma marcação colorida nos itens mais urgentes, e pintava, a cada dia, o que seria feito nele, com marca texto. Funcionou: talvez eu adote esse esquema pra vida, a partir de agora!

Além disso tudo, a Google Agenda é minha melhor amiga: é nela que eu anoto todos os compromisso que também estão na agenda de papel, só que com lembretes, afinal de contas, pisciana. Assim eles tocam no computador e no celular e me lembram que eu preciso acordar, viver e ir pros lugares, não apenas ficar olhando pra beleza dos compromissos anotados no papel. Nela eu também coloco os endereços completos de consultas e encontros, além de contar com a mãe Google pra me avisar até o horário certo que eu tenho que sair do trabalho pra chegar a tempo. Mãe Google te amo obrigada <3

E vocês, como se organizam? Usam esses métodos bonitos ou é tudo uma louca bagunça?