Decoração de casa: nosso quarto

Vortemo com os posts mais aguardados desse Brasil. Eu sou tão tosca como blogayrinha que nem me toquei que deveria ter deixado o post da sala para o final, já que nada na minha casa vai ser tão legal quanto a nossa sala. Eita. Mas vocês continuam comigo, né? Por favor, continuem.

Tá aqui nosso quartinho:

Ele vai um pouco menos na linha hoarder que os outros cômodos da casa porque deus me dibre dormir num lugar atulhado de coisa, ia dar uma gastura assim. Ele não é uma graça desse jeito, bem clean? Eu ainda acho que falta muita coisa nessas paredes brancas aí, mas é sempre bom ter espaço pras coisas novas que a gente vai conhecer na vida, certo?

Os vasinhos são da Tok Stok, o quadro é da exposição da Yoko Ono no Instituto Tomie Othake e o bordado da loja Nós Lunares, na Galeria Ouro Fino.

E tem a cabeceira. A famigerada cabeceira que me rendeu tantos Isa de onde é a cabeceiraaaaaaaaaaa no instagram e com muito orgulho eu vos digo que: eu que fiz. Ela é composta apenas por uma placona de MDF cru, que custou tipo uns R$ 100, no máximo, um pedaço generoso de manta acrílica (tem em loja de tecidos) e o tecido mais maravilhoso do mundo, encontrado na minha segunda casa, a 25 de março. Com um grampeador de tapaceiro (é óbvio que eu tenho um grampeador de tapeceiro), tudo se resolveu. OLHA QUE COISA MAIS LINDA QUE ELA É.

O meu criado mudo é irmão gêmeo daquele que fica na sala, como móvel da vitrola – outro achadão da loja de móveis podrona com móveis ocasionalmente incríveis. E o monte de tranqueirinha que vocês já estão acostumados a ver, né? Dentro dessa caixinha maravilhosa da Camicado tá cheio de remédio pois hipocondríaca e velha.

Do outro lado da cama a gente tem essa imensa paredona, que um dia foi toda branca, e hoje tem essa tendência de parede pintada-pela-metade-meus-pais-estão-sem-entender-até-hoje. Eu não lembro a cor que eu usei mas nem por um decreto, mas ela é tão lindinha, um lilás acinzentado que dá paz assim, sabe? A gente optou por não colocar TV no quarto – o que não significa que não assistamos muita Netlix no computador hehe – pra tentar ser menos maluco e estressado. A caminha dos gato é da lojinha do Café Prejuízo. Os quadrinhos têm nossos votos de casamento <3 A tapeçaria na porta, que combinou sem querer com tudo, mas querendo, fui eu que fiz, pois muito prendada.

Agora eu definitivamente não tenho mais cômodos fofos assim pra mostrar, eita!