coisas da vida

5 músicas para o lipsync for ur life

Eu já contei pra vocês que eu não sei ouvir música e também já expliquei que isso não significa que eu não goste de ouvir música. Eu gosto. Eu só parei no tempo. Na real, eu amo música. De verdade mesmo, minha maior frustração (além de não saber desenhar, mas eu tô trabalhando nisso) é não saber cantar. Cantar, cantar mesmo, de verdade, tipo isso aqui. Cantar no chuveiro eu já canto. E me larga num karaokê pra você ver quando que eu saio de lá (nunca).

Então vocês imaginem a minha cara quando eu vi que uma das sugestões de posts do Rotaroots* desse mês era 5 músicas para o lipsync for ur life.

Também não sei se já deixei clara a minha obsessão por Ru Paul’s Drag Race. Caso eu não tenha deixado, é assim: eu amo Ru Paul’s Drag Race. Eu nem gosto de reality show mas eu absolutamente amo essa merda dessa série. É a coisa mais engraçada, bonita, gender fuck, emocionante, maravilhosa do mundo. Sério, assistam, depois a gente conversa. Mas a questão é que a prova “final”, a que decide mesmo quem vai e quem fica, é um lipsync – também conhecido como dublagem.

Música absurda, drag queens montadíssimas, competição da melhor qualidade, e você tem coisas tipo essa:

Maravilhoso, não é?

Pensando nisso, vou dizer a vocês que não foi nada, nada, absolutamente nada difícil escolher quais seriam as 5 músicas para o lipsync for my life: 

 Cryin’ – Aerosmith

Música favorita da banda favorita, gosto especialmente dessa versão bem bêbada-sensual do Steven Tyler. E teria lipsync inclusive da gaita, é claro.

It’s my life – Bon Jovi

Eu não sei o que aconteceu com o cabelo do Bonja nesse show, mas a minha performance teria direito a calça de couro justíssima e peruca de poodle.

Total eclipse of the heart – Bonnie Tyler

Definitivamente, não existe nada melhor que esse clipe no mundo todo. Lipsync com direito a bailarinos ninjas e toda essa parafernália apocalíptica.

Rolling in the deep – Adele

Começa devagar, vai culminando em deeeeeeeeep agudíssimos, com uma vibe diva negra do jazz, com uma vibe moderna e pop. Perfeita.

I’ll survive – Gloria Gaynor

Apenas serving carão e técnica no lipsync dessa que é a maior música de toda a história da música.

Certamente eu não ganharia a coroa, mas o objetivo aqui sempre foi levar o Miss Congeniality 😉

* Esse post faz parte da blogagem coletiva do grupo ROTAROOTS.

7 Comments

  • Tany

    Eu cantaria TODAS com você no Karaoke e principalmente It’s My Life eu cantaria de olhos fechados gritando junto com Total Eclipse of My Heart.
    E olha, AMO RPDR também. Te vejo sempre no grupo, hahaha!

  • Raquel Arellano

    Miga, abandonei RPDR na primeira season. Tava bizarramente viciada e precisei tomar tenência na vida. Mas confesso que achei a segunda season fraca também, geral me disse que depois melhorava e talz (mas aí já tava viciada em outras coisas).

    Olha, eu AMO cantar. AMO um videokê, escuto música sempre. Always a passion. E nem preciso dizer que amei essa postagem do rotaroots. Próxima vez que eu for pra SP bora num karaokê? Vai ser engraçado! <3

  • shell

    Ai, adorei a maneira como as músicas que tu escolheu são da minha geração e eu não precisei ir pro google catar os cantores, como tem acontecido ultimamente quando eu leio blogs de meninas mais novas do que eu – porque as da minha idade são excessivamente chatas e não pq eu sou imatura!
    hgyui
    opa, minha filha digitou coisas.

    Amei o blog! Voltarei!

  • Mih

    O que dizer sobre você ter os mesmos livros “que marcaram minha vida” como os que marcaram a sua eeeee nós duas termos “Total Eclipse Of The Heart” na lista de Lipsync for your life? Miga, somos gêmeas. Só me falta você dizer que é geminiana (ou tem ascedente em gêmeos) ahahaha <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *