viaja isa

30 antes dos 30 – tomar um banho de cachoeira: Capitólio, o mar de Minas

com certeeeeeeezaaaaaa você já se banhou na queda Dilma cachoeeeeeeiraaaaaaaa sentindoooo a sensaçãaaaooo dasuaalmasendopurificadaporinteiraaaaaaaa…

Você nunca mais vai parar de cantar essa música. De nada. 30 anos – tá, vintchynove – e eu nunca tinha tomado um banho de cachoeira. Tá, eu já tinha entrado numa cachoeira na vida, assim. Na adolescência, num estudo do meio com a escola, em uma cachoeira muito mais perigosa e infinitamente mais gelada do que eu deveria. Mas não guardo nenhuma memória positiva dela, quanto mais a sensação de ter qualquer coisa purificada. Jamais.

Eu queria entrar na cachoeira e fazer a musa tilelê da natureza, deitada recebendo a água da pachamama na minha cabeça, deixando pra trás tudo o que precisava ficar mesmo enterrado pra sempre. E eu fiz isso. Só que eu fiz isso cagada de medo de escorregar (POR QUE NINGUÉM ME AVISOU QUE ESCORREGAVA TANTO??? EU TERIA LEVADO UM CROCS), eu fiz isso apavorada de pensar “o que tem na água embaixo de mim?????”, eu fiz isso sem saber nadar e correndo um risco real de morrer e me enterrar junto das uruca passada, eu fiz isso tomando cada caldo da mãe natureza que, minina. Que aventura.

Eu tô feliz pra porra com a minha cachoeirinha. Foi legal demais!

Pra quem quer saber mais de como foi a visita à cachoeira, conhecer um tiquinho de Capitólio pelos olhos de alguém que não tem carro, não sabe nadar e morre de medo do que tem na água, fiz uma sequência bem engraçadinha no instagram. Olha aqui!


esse post faz parte da série ~30 antes dos 30~, lista ambiciosa de coisas que eu separei pra fazer antes da fatídica idade chegar. você pode acompanhar meu fracasso por aqui – mas eu torceria por mim. estou torcendo. vamos lá. 

8 Comments

  • Daniela

    Sabe que eu também nunca tinha tomado banho de cachoeira antes dos 30 anos. Meu primeiro banho de cachoeira foi aos 31. E nem foi uma lindona dessas não, foi uma bem pequenininha, mas que já encheu meu coração de alegria <3 Achei muito legal a ideia dos 30 antes dos 30. Vou pensar num 40 antes dos 40 pra mim hehehehe.

  • Laura Nolasco

    Que lugar liiiindo!!
    Eu cresci em cachoeiras, então é uma coisa super comum pra mim, sabe? Hahahah sou a musa tilele desde q nasci quase hahahahah
    Amei o post e as fotos… E queria dizer que: o crocs seria menos seguro! O legal é sentir a pedra pra saber onde tá andando! hahahhaha… Já vimos muito tombo da galera de sapato em cachoeira!
    Vou ver os outros itens da sua lista enquanto fico aqui sonhando com conhecer Capitolio!
    Beijos!

  • manie

    que delícia de viagem, isa ♥ acompanhei um pouquinho pelo insta e imagino o quanto deve ter sido bom ficar no meio de tanto mato!! meu pai é caiçara, lá de barra do una, e eu passei a infância indo pra cachoeiras cos primo no verão. só lembranças boas! depois de crescida, nunca mais fui. tá aí uma passeio que vou pedir pro meu pai voltar a fazer com a gente ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *