• favoritos

    favoritos #19

    Esse livro maravilhoso, que é uma homenagem às mulheres mais importantes na ciência, que eu vi no Brain Pickings | Pratinhos lindos para guardar os anéis e outras bijous, lá do Muy Molon | Essa série absolutamente apaixonante de ilustrações de gatinhos da Ina Doncheva, indicação da Camis no Não Me Mande Flores | Essa toalha de mesa gracinha – e toda essa casa escandinava com mojo, no My Scandinavian Home // Esse texto da miga Vaneça é uma das coisas mais bonitas e doloridas que eu já li: disclaimer: this person is going to ____ your life // No fim,…

  • do coração

    vai ficar tudo bem

    Tá tudo meio estranho. Se você me perguntar, não é nada pessoal, assim, a vida anda muito bem, obrigado, se fomos pontualmente pensar. Mas tá tudo meio estranho. As coisas andam meio embolotadas, meio devagares, meio estafantes. O que podia ser uma tarefa simples vira um monstrão envolvendo mil pessoas e seus dramas, e os dramas se entrelaçam, e as pessoas se desentendem, e todo mundo parece predisposto a ser rude e violento e discutir ao invés de ouvir. Tem raiva. Tem peso. Tá tudo meio estranho e difícil, não tá? Parece um eterno mercúrio retrógrado – e tá tudo…

  • vida bandida

    prove que você não é um robô

    Toda vez que, no blog de vocês, aparece esse método novo de provar que eu não sou um robô – ô gente, que maravilhoso se fosse, pensa bem? – eu fico morrendo de medo, olhando pros lados, que percebam que na verdade eu não sei bem clicar em todos (todos todos, mesmo?) os quadrados que contém uma placa de trânsito (placa só, ali, onde tem desenhinho, ou vale também o poste que segura a placa?), as imagens que trazem fachadas de loja (e se naquele prediozinho tiver uma galeria dessas internas, tipo do Centro de São Paulo, que eu não esteja vendo?…

  • internet love

    meme escrito

    ou Um dos posts que eu faria se conseguisse fazer o BEDA direitinho mas não consigo Estamos aqui interrompendo o último dia de Olimpíadas – e agora, gent? – com o olho vermelho de tanto chorar pelo vôlei masculino – SERGINHO EU TE AMO – para responder esse meme fofo – a gente ainda fala “meme” pra esse tipo de coisa? – que a linda da Adri me indicou. Ele consiste basicamente em uma dessas tags com perguntas de blogagem coletiva que eu acho demais, mas nunca tenho muita criatividade para responder, só que escrito. Daí vem o desafio: a minha letra.…

  • do coração

    domingo é um dia bunda #3

    Eu preciso muito de silêncio (note to self: ainda preciso escrever sobre isso). E de organização. Isso não é uma coisa bonitinha e curiosa da minha personalidade: é algo que me derruba. Se eu fico dias sem rotina, tudo vira uma bagunça. Se tudo vira uma bagunça, eu me enfio no vórtice infinito do “não dá pra arrumar porque tá tudo uma zona”. Eu preciso de silêncio pra me organizar e de organização pra entrar no eixo. Acordar às 9h num domingo silencioso, estar sozinha, tirar as caixas. Tirar todas as caixas. Tirar todas as coisas. Colocar tudo de volta,…