• coisas da vida

    salamaleico

    24 de julho de 2013, São Bernardo do Campo, 6h30. Eu no ponto de ônibus, congelada, enrolada na echarpe – amigos, lembrem-me de nunca mais ficar sem cabelo nessa época, por favor. Chega uma velhinha italiana e começa, claro, a conversar comigo. Sobre deus, claro, porque é isso que acontece…

  • coisas da vida

    verificando…

    Sempre que eu faço uma compra online e o Itaú me diz “guardião verificando…” (no caso, a chave de proteção do banco) eu penso num senhor de bigodes incrivelmente parecido com meu pai, vestindo uma armadura e segurando uma espada. E ele checa meu armário de sapatos e me olha…